Quer entender como medir o pH da água? Leia e saiba quais são as formas de medição e a importância de conhecer esse valor.

O pH ideal da água é importante em diversas aplicações como análises em laboratório e a verificação da qualidade de efluentes.

Há, basicamente, duas maneiras de conferir o pH da água e vamos te explicar como fazer isso em um passo a passo.

Como medir o pH da água: medidor de pH e fita medidora de pH

Para medir o pH da água é possível utilizar os medidores de pH ou as fitas medidoras de pH.

Dentre os medidores, podemos incluir alguns tipos de pHmetros, desde os de bancada até os portáteis e modelos de bolso. Veja como medir o pH em cada um deles.

Medidor de pH

  1. Primeiramente é necessário calibrar o instrumento de acordo com as orientações do fabricante.
  2. Em seguida, é importante lavar a sonda e secá-la com um papel macio, de forma suave.
  3. Alguns medidores pedem para que seja informada a temperatura da amostra. Nesses casos, use um termômetro para uma medição mais precisa.
  4. Após separar a amostra, mergulhe a sonda na água que se deseja medir.
  5. O medidor de pH demonstrará em escala de pH a leitura da amostra.

Fita medidora de pH

  1. Separe a amostra que se deseja medir o pH.
  2. Mergulhe a tira na amostra e aguarde alguns segundos.
  3. Após esse tempo será possível comparar as cores da fita com um padrão indicado pelo fabricante.

Por que é importante medir o pH da água?

Para alguns procedimentos em laboratório, é muito importante que o pH da água esteja em um valor ideal. Dependendo do tipo de ensaio ou solução produzida, um valor de pH será o mais adequado.

Para o consumo, o ideal é que a água tenha um pH que varie entre 6 e 9,5. Alguns estudos demonstram os benefícios da água alcalina para determinados problemas de saúde.

No entanto, para a água consumida, o mais importante é priorizar a qualidade, optando por bons filtros para reter o cloro e micro-organismos causadores de doenças, já que a água proveniente da torneira apresenta um pH favorável ao consumo.

Para o banho de piscina, por exemplo, uma variação pequena no pH pode trazer incômodos aos banhistas e problemas nas tubulações e equipamentos.

Nesse sentido, para o banho de piscina, o pH da água ideal deve estar entre 7,2 e 7,6. Valores inferiores a 7,2 podem causar irritação nos olhos e pele dos banhistas, além de corroer partes metálicas da piscina.

Já valores superiores a 7,6, podem tornar a água turva e formar calcário nas tubulações e equipamentos utilizados na piscina. Para a vida aquática, valores de pH entre 6 e 9 também são os mais adequados.

Medir o pH da água é simples e muito importante

Se você chegou até aqui já sabe o quanto é importante medir o pH da água. Tais medições podem ser úteis para o consumo, atividades laboratoriais, verificação de um ambiente ideal para a vida aquática e para o banho de piscina.

Para as medições é possível utilizar medidores de pH e também fitas medidoras de pH. Cada qual com suas características, fazem com que a medição seja feita de forma eficiente e facilitada.

Agora que você aprendeu como medir o pH da água, veja essas e outras soluções disponíveis na Loja Roster para aferição desse parâmetro.

Compartilhe