O microscópio binocular é um dos equipamentos mais utilizados em laboratórios de pesquisa, análises clínicas e determinadas indústrias. Dependendo de onde é usado, o microscópio pode servir para diversas aplicações como controle de qualidade, análise de material biológico entre outras finalidades. Entenda mais sobre o assunto, abaixo!

O que é um microscópio binocular?

Um microscópio binocular possui duas oculares, sendo destinada uma para cada olho, possibilitando a visualização de diversos objetos através dos dois olhos. Sua principal função é ampliar o material analisado, possibilitando sua análise ou estudo. Possui uma parte óptica e outra mecânica contendo diversos componentes que possibilitam a ampliação e focagem da amostra observada.

Dentre os principais componentes, é possível destacar as oculares, que são dois sistemas de lentes que permitem a visualização do objeto ampliado. Além disso, há as objetivas que potencializam a ampliação da amostra, o charriot que auxilia no posicionamento da lâmina, e o macrométrico e micrométrico que possibilitam ajustar o foco.

Como usar um microscópio binocular?

O uso do microscópio binocular não é muito diferente da maioria dos outros microscópios. No entanto, vamos te explicar com detalhes como utilizá-lo para visualizar suas amostras de forma eficiente.

Primeiramente, é importante deixar a platina, local onde se apoia a lâmina, completamente abaixada e selecionar a objetiva de menor aumento. Após isso, é possível posicionar a lâmina na platina, travando-a com a pinça.

Depois de posicionar a amostra, ligue o microscópio à tomada, se atentando à tensão do equipamento. Pressione o botão para ligar a fonte de luz e verifique se a luz está passando pelo objeto, caso não, é possível que o diafragma esteja fechado, por isso, abra-o e regule- o até a luz transparecer a lâmina.

A principal diferença entre o uso de um microscópio binocular e um monocular é o momento de posicionar as oculares. Nessa etapa, com o microscópio binocular é necessário ajustar as oculares de acordo com os seus olhos com o objetivo de visualizar apenas uma imagem.

Depois disso, ajuste a platina e foque a amostra com o micrométrico e o macrométrico. Caso necessário, mude a objetiva para uma de maior aumento. Após visualização, abaixe completamente a platina, retire a lâmina e desligue o microscópio, retornando para a objetiva de menor aumento.

Qual a diferença entre um microscópio binocular e monocular?

A principal diferença entre um microscópio binocular e o monocular é a quantidade de oculares, já que o binocular possui duas e o monocular apenas uma. Esse aspecto faz com que o microscópio binocular possibilite uma visualização mais facilitada, reduzindo a fadiga ocular.

Suas tecnologias são bastante semelhantes e a diferença no custo entre os dois se deve, principalmente, ao uso de materiais adicionais no microscópio binocular. O microscópio binocular também pode ter algumas características que fazem com que a visualização de amostras seja mais completa.

Em resumo, o microscópio binocular é um item muito útil em diversas aplicações para análises de variados materiais com a finalidade de controle da qualidade, realização de análises, ensaios e estudos. Possui diversos componentes e algumas características que o fazem mais adequado para aplicação em pesquisas.

Em resumo, o microscópio binocular é um item Agora que você já sabe o que é um microscópio binocular, como usá-lo e suas principais características, não deixe de compartilhar este artigo com seus amigos e ajudá-los a entender um pouco mais sobre o assunto!

Compartilhe