Determinados equipamentos são cruciais para algumas rotinas de laboratório, principalmente no momento em que estamos vivendo. Por esse motivo, algumas centrífugas fornecidas pela Roster têm sido muito utilizadas para realização de testes no diagnóstico do novo coronavírus. Acompanhe para entender melhor.

Covid-19: Ações e desafios atuais

Em meio à pandemia provocada pelo novo coronavírus, diversas ações foram estabelecidas para minimizar a transmissão do vírus entre a população. O fechamento de escolas, comércios e outros setores foram as primeiras medidas para reduzir a transmissibilidade da doença. Tal atitude foi muito importante para evitar que muitas pessoas se contaminassem ao mesmo tempo e provocassem, em conjunto, um colapso no sistema de saúde.

Em contrapartida, muitas atividades não podem parar. Um exemplo disso são os mais diversos laboratórios e centros de saúde envolvidos em pesquisas e atividades voltadas para o desenvolvimento de tratamentos, diagnósticos e estudos que, muito em breve, nos auxiliarão a vencer essa batalha.

Nesse cenário, adquirir equipamentos médicos e laboratoriais para tais estudos pode ser um desafio em tempos de crise, como o que estamos vivendo. Por isso, com o intuito de satisfazer de forma efetiva essa demanda recorrente, a Loja Roster está fornecendo centrífugas para vários laboratórios no país inteiro, que usarão o equipamento para exames e diagnósticos do covid-19.

Como as centrífugas fornecidas pela Roster auxiliam no diagnóstico do novo coronavírus?

Para detecção do coronavírus a partir de amostras, é necessário a realização de alguns exames. Atualmente, temos três tipos de testes disponíveis que utilizam amostragens e equipamentos distintos para a sua realização. São eles o teste rápido, o sorológico e o RT-PCR. Nos dois últimos, a centrífuga possui papéis muito importantes. Veja e entenda cada um deles.

Teste rápido

Esses testes são realizados a partir de amostras de sangue do indivíduo com suspeita da doença. Dependendo do tipo de teste rápido utilizado, já que há diversas marcas que o comercializam e possuem diferentes formas de diagnóstico, é possível identificar antígenos específicos do novo coronavírus e também anticorpos produzidos após a interação com o vírus, os do tipos IgM, que indicam uma infecção recente e o IgG, que detecta um contato prévio e é característico dos indivíduos imunes. O resultado é disponibilizado cerca de 15 minutos após a coleta.

Como os anticorpos começam a ser produzidos alguns dias após a infecção, é necessário aguardar, no mínimo, sete dias dos primeiros sintomas para se ter um diagnóstico efetivo. Dessa forma, é um teste que está sendo aplicado, principalmente, em profissionais da saúde para verificar quais deles já tiveram contato com o vírus e que, em teoria, estão imunes, através da identificação do IgG positivo para o coronavírus.

Além disso, são úteis para identificar outro grupo que pode continuar na linha de frente, aqueles que ainda não tiveram contato com o vírus e não correm o risco de transmitir a doença, afastando os que demonstrarem um IgM positivo.

Teste sorológico

Nos testes sorológicos é possível utilizar a centrífuga para separação entre o soro e o plasma sanguíneo. Esses testes utilizam uma amostra de sangue coletada do paciente com suspeita da doença e, após separação do soro e do plasma, são utilizados kits, denominados ELISA, que traduzidos indicam Ensaio de Imunoabsorção Enzimática. Tais ensaios são capazes de detectar os anticorpos do vírus nessas amostras.

Possui a mesma limitação do teste rápido, já que os anticorpos só são produzidos após um período da doença e podem demorar entre uma e até 24 horas para o resultado.

RT PCR

É um teste que possui uma realização complexa, sendo as centrífugas bastante úteis para realizar a separação do RNA viral. Tal exame é o mais efetivo, pois detecta diretamente o material genético do vírus a partir de amostras retiradas do nariz e da garganta. É indicado a partir do terceiro dia dos primeiros sintomas e pode demorar até 24 horas para dar o resultado. Dessa forma, é o exame mais utilizado em pacientes que apresentam os sinais
mais graves da doença.

Em suma, as centrífugas fornecidas pela Roster têm sido importantes meios para uma realização mais efetiva dos testes para diagnóstico da covid 19. Além disso, tais equipamentos são também bastante úteis em laboratórios que desenvolvem estudos sobre o novo coronavírus. Essas pesquisas são muito importantes para que o comportamento do vírus seja compreendido e novas abordagens sejam tomadas através dessas informações.

A loja Roster possui em estoque diversos tipos de equipamentos com envio imediato que podem ser úteis para a sua pesquisa ou laboratório. Entre em contato hoje mesmo para saber mais.

Compartilhe