Banho Maria

9 Produto(s)

por página

Tabela  Lista 

Direção Descendente

9 Produto(s)

por página

Tabela  Lista 

Direção Descendente

Banho-maria laboratorial: Como funciona?

Um equipamento de banho-maria laboratorial é um aparelho muito importante nesse ambiente. Em diversas situações é necessário utilizar líquidos ou sólidos aquecidos e para que esses não percam as suas propriedades é preciso fazer esse procedimento de forma lenta e uniforme. Para essa finalidade, o aparelho de banho-maria em laboratório é indicado. Se você ainda não sabe como funciona e nem como usar um banho-maria no laboratório, acompanhe a leitura e entenda.

Como funciona e como usar um banho-maria laboratorial

Os materiais que serão aquecidos são colocados em meio aquoso, alcançado a temperatura selecionada de forma gradativa. Antes de iniciar o procedimento, o equipamento deverá ser ligado e a temperatura ideal deve ser setada no instrumento. Caso seja preciso utilizar o aparelho em uma temperatura exata, é interessante selecioná-la e aguardar o tempo necessário para o aquecimento. Veja abaixo quais são os principais tipos de banho-maria para laboratório.

Tipos de banho-maria laboratoriais

1. Analógico

Esse banho-maria possui um termostato que serve para modificar a temperatura de forma manual. Por não possuírem display, é interessante manter um termômetro acoplado para garantir que a temperatura selecionada realmente foi alcançada.

2. Digital

O aquecimento desse tipo de banho-maria é feito através do controle eletrônico da temperatura e utilizando componentes elétricos para aumentá-la e reduzi-la. Esse modelo também possibilita a visualização da temperatura através de um display.